Investigation of the use of continuous particle packing models (PPMs) on the fresh and hardened properties of low-cement concrete (LCC) systems

Autores: Grazia, Mayra T., Sanchez, Leandro F. M., Romano, Roberto C. O., Pileggi, Rafael G.

Revista: Construction and Building Materials (doi)

Disponível online: 20 November 2018

Resumo

Concreto, o principal material de construção usado na indústria da construção em todo o mundo, apresenta um enorme impacto ambiental, produzindo cerca de 7% do dióxido de carbono global. Dadas as preocupações relacionadas ao aquecimento global, os estudos têm se concentrado em abordagens distintas, com o objetivo de reduzir a quantidade de Cimento Portland (Portland Cement – PC), que é o ingrediente menos sustentável da mistura, adotando estratégias alternativas de dosagens, tal como o uso de modelos de empacotamento de partícula (Particle Packing Models – PPMs). No entanto, atualmente há uma falta de dados sobre a eficiência do uso de PPMs contínuos para reduzir o PC, mantendo ou melhorando as propriedades frescas e / ou endurecidas do concreto. Este trabalho tem como objetivo investigar o impacto de versões atuais e modificadas de PPMs contínuos no estado fresco (comportamento reológico) e endurecido (resistência à compressão, módulo de elasticidade, porosidade e permeabilidade) de misturas projetadas com quantidades baixas e moderadas de PC. Os resultados demonstram que o concreto ecoeficiente pode ser produzido através de atuais e contínuas modificações de PPMs, sem comprometer as propriedades frescas e endurecidas do material. No entanto, mais durabilidade e investigações de longo prazo devem ser realizadas em sistemas com conteúdo reduzido de PC.

Compartilhe este postEmail this to someone
email
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *